2018/02/20

Quando sinto o teu cheiro...


Tudo em mim se desperta
A pele arrepia-se
O olhar esbugalha-se
Os ouvidos esmeram-se
O palato apura-se
As narinas dilatam-se
Como querendo tudo de ti reter
Como se se um destes sentidos falhar o teu cheiro deixe de em mim se hospedar
Como adoro o teu cheiro!

Como
Adoro
Neste
Encontro
Ligeiro
Absorver o teu cheiro


2018/02/06

Era Uma Vez Um Verde Olhar



Que vagueava sem em nada se deter
Era um olhar livre que tudo via sem em nada se perder
Quando de repente outro olhar vagante encontrou em seu vaguear
Os olhares fixaram-se... esquivaram-se... e sem nada o prever os olhares acabaram por se enlear
E foi assim que dois olhares livres e perdidos se encontraram e fecharam na prisão que acabou por os encarcerar...