2015/05/12

Voa Comigo!


Olha-me nos olhos
Pega-me no rosto
Envolve-me o corpo com o teu abraço
Leva-me contigo para um lugar onde o nada exista
Beija-me lentamente enquanto voamos
No desejo de te ter crio-te em mim
Sinto o teu toque
O teu beijo
O teu desejo perdido no meu
Sinto o teu olhar cravado em mim
Tal é a intensidade do meu sentir
Que em mim a certeza persiste
Existes, onde não sei, mas sei que um dia estaremos assim...
A viver o que um dia eu senti na vida que há de vir!