2013/06/24

O Sonho!


Acordar!
Relembrar o que esqueceu ao despertar!
Um sonho, O sonho...
Suas mãos percorrem-lhe os braços onde antes no sonho os lábios dele passearam...
Seus olhos abrem-se lentamente buscando o rosto que em seu sonho não definiu... 
Está sozinha... fecha-os de novo, e relembra...

Enquanto ela dormia
Ele chegou de mansinho
Entrando em seus lençóis
Sussurrou seu nome baixinho...
Ela gemeu e sorriu-lhe
Seus olhos continuaram fechados
Sentiu a pele arrepiar-se
Com seus beijos molhados...
Enquanto sua boca calava
As palavras que quis dizer
Seu corpo respondia-lhe
Com sinais de prazer...
Ele passeou seu corpo
Deixando-o em desalinho
Suas respirações embalando-se
Com ardor e com carinho...
Seus sentidos despertaram 
Voltando a perder a razão
Suores e arrepios
Foi sentindo com paixão...
O que se seguiu foi intenso
Foi possante e sentido com ardor
Disseram-lhe um dia em segredo
Que a isso se chamava amor...