2013/03/03

(2)Enamoramento na Ponte da Arrábida!

Continuação...
(...)
Enche-se de coragem e olha na direção daquele olhar.
Os seus olhos encontram-se com uns olhos escuros que a fixam de tal modo que os sente tocarem-lhe a pele...
Ele murmura qualquer coisa que ela entende como "verdes" e sorri-lhe, ela cora (sente-se tão infantil quando cora...), esboça um sorriso e fica aparvalhada a olhar!
Não o acha um Deus Grego, mas não consegue deixar de se sentir tocada por ele...
De repente, enquanto estava perdida nestes pensamentos, vê que ele escreve qualquer coisa num papel que levanta na direção dela enquanto faz gestos de súplica e lhe sorri ainda mais efusivamente.
O que ela lê deixa-a completamente knockout...
Em letras, bem tortas por sinal, ele escreveu "casa comigo"... 
Enquanto tenta perceber o que fazer alguém buzina fortemente, olha pelo espelho retrovisor e vê que uma moça não tem paciência para aqueles disparates, num olhar rápido vê que outros condutores sorriem e tentam mudar de faixa sem os incomodar, mas aquela moça até lhe faz gestos daqueles pouco simpáticos...
Ela grita-lhe um "sim" enquanto anui com a cabeça (ainda bem que tem a proteção de estar no carro, caso contrário morreria de vergonha...) e arranca, não vá a moça buzinadora dar-lhe um chilique...
Ainda se vão olhando e sorrindo durante uns minutos até que continuam em direções opostas.
Pronto... assim se fazem os dias dela... de (des)encontros que o destino (ou alguém disfarçado dele) se encarrega de quebrar...
        

Short Stories
   Green Eyes