2012/12/21

(6) Contradições... ou Talvez Não!





2012/12/18

(12) Conversas Entre Ele e Ela!


Ele (sorriso entristecido) - Desejo que um dia encontres alguém por quem te apaixones, gostaria de ter sido eu…

Ela (sorriso aberto) – Achas que mereço apaixonar-me? Ou isso é um castigo?

Ele (ar sério) – Nada disso, sabes que é tão fácil apaixonarmo-nos por ti… difícil é tu te deixares apaixonar, aquele que o conseguir será um felizardo…

Ela (olhinhos de gata perdida) – És um doce… um dia quiçá eu me apaixone, mas duvido que ele venha a ser um felizardo… será mais um desgraçado… olha o meu feitiozinho…

Ele (sorriso aberto) – és mesmo doida… daí ser tão fácil amar-te…

2012/12/07

Ai Eduardo, Eduardo... só tu me compreendes!

Quando existem merdices que me chateiam, aborrecem, ferem, magoam... um dos meus refúgios é a leitura.
Por estes dias Eduardo Mendoza faz-me companhia (pronto... tá bem... não é só ele...) e os meus dias têm sido bem mais divertidos, esta busca de Gurb tem-me feito passar vergonhas, mas vergonhas daquelas que eu gosto. É ver-me rir sozinha (para quem me vê que para mim é com o Eduardo). Aliás devo ter mesmo um ar super feliz que já houve quem me pedisse para ver o que eu lia com a justificação de que também precisava de rir...
Love it!