2012/05/14

(1)Provoco-te… Provocas-me!

Olho-te de soslaio quando por ti passo
Reparo que o teu olhar procura o meu
Disfarço, olhar vago como se olhasse através de ti
Finjo que te ignoro enquanto distribuo sorrisos
Olho-te de olhar fixo
Os teus olhos procuram os meus
Enfrento-os desafiando-te a deixares de me fitar
Não sei, nunca percebi qual de nós desiste primeiro
Coramos os dois
Vergonha pela timidez que nos acompanha?
Excitação pelo prazer do olhar?
Diversão pelo prazer deste nosso jogo?
Ou desejo de nos voltarmos a desafiar?
Um dia temo que me questiones e eu não saberei nem o quero saber
Um dia trocas-me as voltas e eu deixo de jogar…