2012/02/05

Por vezes… invertam-se os verbos...

Por vezes tudo o que os outros precisam é de um abraço!
Um abraço que lhes conforte a alma!
Não nos o pedem… mas nós entendemos e damo-lo…


Por vezes tudo o que os outros precisam é de um sorriso!
Um sorriso que lhes atenue a dor!
Não nos o pedem… mas nós percebemos e damo-lo…

Por vezes tudo o que os outros querem é um carinho!
Um carinho que lhes acalme a ânsia!
Não nos o pedem… mas nós descobrimos e damo-lo… 

Por vezes tudo o que nós queremos é…
O que nós queremos é apenas que nos entendam, percebam, descubram
Se nos entenderem, perceberem, descobrirem e se os outros se tornarem no nós então o Dar cumprir-se-á!

   
Agora vou ali dar um saltinho a Lisboa e volta já... :)