2012/02/16

Ela sobreviveu ao dia 14/02/2012!

Se ela tem namorado? Não, não tem.
Se ela teve convites para jantar/tomar café? Sim, teve vários.
Se ela os aceitou? Sim, desta vez apeteceu-lhe.
Se foi complicado para ela gerir a situação? Sim foi.
Não é fácil jantar várias vezes no mesmo dia e para quem, como ela, teve de reduzir drasticamente o consumo de café mais do que quatro num dia é dramático…
Se ela se acha uma cabra por ter aceite os convites e gerido a situação de tal forma a que nenhum dos seus convidadores soubesse dos restantes convites? Não, não se acha.
Porque não? Porque os convites foram aceites com base em algumas regras por ela impostas e aceites pelos seus convidadores.
A saber:
Pré-requisitos
  • Jantar/café de apenas e só conversa podendo a mesma versar o nonsense…
  • Nada de abraços, beijos ou amassos…
  • Nada de flores, corações, chocolates, ursinhos ou equiparados…
  • Nada de tentativas de desvirtuar os pré-requisitos por ela impostos para aceitar os convites…
  • Mais meia dúzia de balelas que ela inventou…
Se os convites foram todos feitos por elementos do sexo masculino? Não, não foram.
Se lhe parece que eles, tal como ela, gostam é de gente divertida, bem-disposta e com vontade de conversar? Sim, parece-lhe… se bem que há quem lhe diga que não se deve fiar em parecenças
Se ela teria de contar isto? Sim teria.
Porque teria de o contar? Porque se ela não contar aqui algumas coisas a sua ex-colega deixa de saber o que se passa na sua vida e ela não lhe pode fazer isso já que ela, a ex-colega, vem cá ao blogue quase/praticamente todos os dias…
Ah, para finalizar… Se acreditam ou não nisto? Who cares? Ela está naquela fase em que pouco lhe preocupa o que aos outros ela parece… apenas lhe apetece sorrir, rir, viver e ser Ela!