2012/01/16

Toca-me!

Toca-me! 
Deixa-te ficar a meu lado!
Mistura teu corpo no meu,
Deixa-te ser o meu fado!

Toca-me com teu sussurro,
Deixa a minha pele arrepiada,
Toca-me ao de leve,
Faz-me sentir tateada!

Deixa teu olhar percorrer-me,
Meu corpo receber o teu em delírio!
Toca-me sem me tocares
Sente meu corpo em desvario!

Toca-me com teu corpo,
Sente o meu devagar,
Toca-me e diz-me baixinho
Não quero nem posso parar!

Encosta tua pele à minha
Sente a minha provocação!
Deixa-me sentir-te vibrar,
Extravasar tua emoção!

Deixa-me, vai

Chegou a hora de decidir,
Esquece o meu pedido,
Só a tua vontade deves seguir...
Sem Sentido 
Green Eyes



texto inspirado em trabalhos de Alfred Gockel
As Tuas Mãos!
Os Teus Lábios!
Os Teus Olhos!