2011/05/10

Despertar!

Sente-se a acordar!
Os seus olhos evitam abrir-se!
Vira-se para o outro lado na cama enroscando-se em si mesma!
Gosta de envolver os lençóis no seu corpo deixando a descoberto pedaços de si, delicia-se ao sentir o contraste da temperatura!
Não lhe apetece acordar!
Espreita por entre as pestanas das suas pálpebras semicerradas a luz que se vislumbra por entre as portadas das janelas! Fá-lo na tentativa de a não encontrar apesar de a sentir acariciar-lhe as pernas a descoberto!

Apetece-lhe ficar ali enrolada na sonolência!
Adora aquela sensação de torpor!
Gosta de sentir que não pertence a nenhum dos Mundos de que tudo é feito!
Estar longe dos dois, mas no entanto entre um e outro! Quase a sair do Mundo dos sonhos e a entrar no Mundo da realidade!
Nunca gostou de apenas um deles, nenhum deles a satisfaz plenamente!
O Mundo dos sonhos é por demais utópico, irrealista, já o Mundo da realidade é por vezes cruel, atroz!
A hesitação entre o despertar e o continuar adormecida é-lhe sempre agradável! Funciona, quase sempre, como um carregar de energia positiva!
Não consegue identificar a música que passa, em tom baixinho, na rádio, mas isso não a incomoda, soa-lhe quase como um doce embalar dos seus quase pensamentos! A voz rouca do cantor transporta-a lentamente até à realidade, como que clarificando-lhe a ténue fronteira entre os seus dois Mundos!
O cheiro a café fá-la despertar finalmente!
Espreguiça-se com poses lânguidas!
Sorri, é mais um dia para viver uma nova fusão de sonho e realidade!

Short Stories
   Green Eyes 

Waking Woman I (green) - Lanie Loreth