2011/04/26

O Beijo!


(...)
Os seus rostos estão tão próximos um do outro que quase se tocam!
Ela olha-o nos olhos, com olhar firme, seguro, desafiador após ter-lhe recusado o beijo!
Estuda-lhe os pormenores do rosto, aquelas linhas finas de suor que lhe escorrem nas têmporas e que o tornam tão vulnerável, os olhos que piscam involuntariamente, como se com esse gesto ele conseguisse persuadi-la, consegue ouvir o som descompassado do seu coração que contrasta com o dela estranhamente tão calmo, as mãos que ele entrelaça uma na outra na vã tentativa de se serenar...
- Assusto-te? - pergunta-lhe ela com voz calma e esboçando um ligeiro sorriso, sorri mais com os olhos do que com a boca, provocando-o inconscientemente!
- Não, tu não! - responde-lhe ele com voz trémula, ele que se sente sempre tão seguro de si, do seu poder, sente-se ameaçado por ela, metro e meio de gente de olhar transparente, sorriso tímido, mas ainda assim aparentemente tão segura de si! 
- Então, que tens? - insiste ela inclinando-se um pouco mais para ele.
- Não és tu que me assustas é... nem sei explicar... é a tua segurança, a tua independência, o teu ar decidido...
- Ora, que doidice... dizes isso só porque não quero o beijo?
- Não é pelo que dizes... pelo que dizes ter-te-ia beijado sem te ouvir... é o teu olhar... confunde-me...
- Porquê? - questiona-o ela afastando-se ligeiramente numa atitude defensiva!
- Porque quando te olho bem no fundo dos teus olhos vejo o contrário do que aparentas... vejo-te tão frágil que sinto medo de te tocar... - responde-lhe ele cada vez mais embaraçado!
- Da próxima vez fecho os olhos - responde-lhe ela sorrindo - sabes, desta vez e contrariamente ao meu costume, até me apetecia o beijo!
(...)
Short Stories
Green Eyes 

Moment Before The Kiss – Rabi Khan