2010/11/25

O Encontro!!


Nervosa ela olha, mais uma vez, para o relógio! Só passaram três minutos desde a última vez que o fez! Ainda falta quase uma hora para começar a se arranjar. Não o quer fazer muito cedo, com os nervos que sente não valeria a pena fazê-lo! Às sete da tarde começa, assim estará pronta a horas, o encontro é só às oito da noite, dá tempo de se arranjar e percorrer o, longo [porque hoje tudo lhe parece mais longe, demorado], percurso até ao local do Encontro!
(...)
São quase horas de sair, olha-se uma última vez no espelho, gosta do que ele lhe mostra! Sai rapidamente, sabe que se se olhar muito desiste!
(...)
Chega quando faltam cinco minutos para as oito, a hora marcada! Olha em redor e não o vê!
Na sua cabeça ecoa uma pergunta "porque não chegou ainda?!" e uma resposta rápida "é cedo, eu é que cheguei antes da hora"!
Encosta-se na vedação e aguarda enquanto os seus olhos e pensamentos se perdem na paisagem! 
Olha o mar, os casais que passeiam, crianças que brincam, um homem que caminha sozinho à beira mar...
(...)
São oito e meia da noite!! Mais uma vez olha em redor na busca daquele rosto, do seu rosto, nada!
(...)
São dez da noite! 
Dói-lhe o corpo de estar tanto tempo em pé, de olhar tantas vezes em redor, dói-lhe a alma de tantas desculpas inventar para a sua falta!
Nem se apercebeu de que as luzes estão acesas, tudo lhe parece tão escuro!
Está sozinha! 
Fisicamente só, já ninguém passeia na praia! 
Sente-se só!
Não lhe apetece chorar! 
Não pode! 
Não deve!
(...)
Caminha de olhar perdido para o carro, é hora de regressar a casa!
De repente sorri!
Um pensamento acalma-a!
Ele não veio, não porque o não quisesse, mas aconteceu-lhe como naquele filme -
"An Affair to Remember"!
Amanhã ele liga-lhe...
(...)
Ele nunca lhe ligou...

Gary Whinn -Teardrop by the Ocean
Short Stories
Green Eyes


(Antes que iniciem os "filmes" isto é pura ficção - mas algo que eu imagino que me poderia acontecer se eu marcasse o encontro... e sim eu adoro fazer filmes... de terror...)