2010/10/21

Quero Fazer-Te Feliz!


Foi esta bela frase que ouvi hoje por volta das 7h30 min da manhã!
Estava eu naquela fase em que decido se me levanto ou não, aqueles 5 minutinhos de indecisão, quando toca o telemóvel. São aqueles minutos onde penso - não me levanto já, levanto-me só na última da hora, não tomo banho e visto qualquer coisa; só mais 10 minutos eu nem me maquilho dá tempo; vou ligar e dizer que estou doente e não vou; levanta-te e deixa-te de m...!
Como podia ser algum(a) colega a informar que não ia trabalhar atendi!

Mas não, afinal era... espera... vou pôr aqui hipóteses e a quem lhe apetecer pode tentar adivinhar, força!

  1. Era de uma companhia de seguros para apresentar uma campanha;
  2. Era da nova dependência bancária com uma campanha;
  3. Era alguém que descobriu o meu número e que me fez uma surpresa;
  4. Era engano;
  5. Não era esta frase eu é que percebi mal;
  6. Não sei quem era.
E já agora vamos ver se sabem qual a minha reacção!

Atendi e:
  1. Desliguei logo depois de ouvir a frase;
  2. Respondi - até que enfim;
  3. Disse - como?! Desculpe não percebi bem;
  4. Pedi para me ligar mais tarde, àquela hora ainda não estou funcional;
  5. Disse uma série de obscenidades, afinal não são horas destas coisas;
  6. Perdi-me na conversa e cheguei tarde ao trabalho.