2010/10/04

Das Coisas Estranhas da Vida!


Estranho é saíres para dançar num sábado à noite [coisa que já não fazias há séculos], teres um miúdo - 19/20 anos - a cortejar-te o tempo todo [o que não sendo anormal não deixa de ser estranho] e às páginas tantas descobrires que ele, o tal do miúdo insistente, é filho de um namorico que tiveste quando tinhas 14/15 anos!

Mais uns anos e sai-te o neto...


Este texto está assim escrito porque é a Green Eyes a falar com a Green Eyes Pequenina, aquela que vive escondida no cérebro de Green Eyes e que tem a mania de acreditar, ter esperança, achar que tudo tem um propósito, que as coisas acontecem por alguma razão... - É só ler aqui um exemplo!