2010/09/08

Um Dia Apaixonei-Me Por Um Blogger!!


Não pela pessoa por trás do blogger, apenas pelo blogger! Pelo que ele* escrevia, como o escrevia!
Tal como me apaixonei por Paul AusterLuis Sepúlveda ou Pedro Abrunhosa! Não por eles mas pela sua escrita!
Embevecia-me com e pelas palavras que se enroscavam umas nas outras e formavam frases que eu adorava ler!
Como em todas as paixões era algo inexplicável!
Não era um blog famoso, daqueles que têm muitos seguidores, comentadores e coiso e tal. Muito pelo contrário, era um daqueles blogs em que o contador de visitas, apesar de ser daqueles [que são os que mais imperam na blogosfera] em que os próprios cliques do blogger contam como visita, indicava um número reduzido!
Mas eu adorava lê-lo!
Lia-o em segredo, um segredo que depois de algum tempo deixou de o ser porque houve um texto que tive mesmo de comentar! Um texto daqueles a que não resistimos, tal como eu não resistia ao blogger!
Um dia, assim de repente, alguém colocou um texto em que informava que o blogger tinha morrido e eu chorei!
Chorei pela pessoa por trás do blog porque sinto sempre pena de todo o ser vivo quando parte, mas chorei, essencialmente e numa atitude egoísta, por mim!!
Porque perdi a minha paixão, o "meu blogger"!!
Onde iria eu encontrar outro espaço com o qual me identificasse tanto?!
Nunca o encontrei apesar de ler muitos espaços que adoro!
Descobri mais tarde (bem pouco tempo atrás) que a pessoa por trás daquele blogger não tinha morrido, apenas mudara de blog!
Fui lá ver e o "meu blogger" não existia... a minha paixão tinha mesmo morrido... era a mesma pessoa mas escrevia de forma diferente!
Ainda hoje vou àquele blog (ao primeiro) e releio o que lá está, mas a paixão morreu...



* Identificava-se como um ele, mas para mim isso era irrelevante, apenas me interessava o blogger e não a pessoa que blogava...
Lembrei-me disto hoje porque me está a acontecer o oposto com um blog que "encontrei"... não, não me estou a apaixonar pela pessoa por trás do blogger, é mesmo o contrário...