2009/12/20

Eu Bem Disse Que A Detestava…


Eu já tinha dito que a detestava…
Que se a encontrasse “lhe tratava da saúde”!
A culpa de eu andar, não triste, mas furiosa comigo mesmo é dela!
Era ela que me fazia pensar que sim… Que seria possível…

Eram cerca de quatro horas da manhã e eu ainda não conseguia dormir, também  é certo que me tinha deitado há muito pouco tempo, de vez em quando há que ir "prá night"!
Como que por milagre o telelé toca! (há amigos que se esquecem das diferenças horárias e ainda bem… neste caso).

Rob – Oi princesa! Blá, blá…
Green Eyes – Oi coração! Blá, blá…
Rob – Tá passando algo? Eu e a Bá (mulher dele) tamos pressentindo algo…
Green Eyes – Nada de especial, só que tititi, tototó, nhinhinhi, nhonhonhó, rititi, pipipi, popopó, tatatá…
Rob – Nossa "mininã"!!! Não pensa assim… blá, blá, blá, blá…

Continuamos assim na conversa por mais alguns minutos, depois falou a Bá e lá nos despedimos. Raramente falo com eles, aliás acho que já não nos contactávamos para mais de um ano.
Engraçado!

Depois desta conversa reflecti (porra… como eu precisava desta conversa...)
– Green Eyes tu realmente não existes… Tanta gente que tem preocupações a sério, sem casa, doentes, sem amigos, sem emprego, e tu preocupada com tretas destas…


Wake up girl!
"Bola prá frente”!

Quando “traçaram” o teu destino, e não me venham dizer – ah, e tal o destino somos nós que o fazemos… – essa parte ficou de fora…
Nem toda a gente tem de ter companheiro, olha o Guará

Pronto… já estou refeita dos breves momentos de fraqueza que tive!
Há gente que precisa de mim e não é pouca…


Também me ajudaram os presentes de Natal que já recebi.
As asinhas de Anjo que a Kor me ofereceu, que me fizeram lembrar de que os anjos existem para fazer o bem aos outros, para proteger e não o contrário!
O descomplicómetro da Tronxa que não descomplica nada, mas que me deu cá um choque eléctrico (deve vir com defeito porque ela comprou no chinês) que me fez acordar desta ilusão!

Não prometo que daqui para a frente sejam só coisas divertidas que aqui vos conte, afinal a vida não são sempre dias felizes…

O que eu me "fartei" de dançar a "Sexy Chick", até parecia que a repetiam só para mim ;)