2009/11/29

(2) Na Vida Aprendi Que…


Por vezes a visão é uma desilusão…
 

Não, não estou a falar do facto de vermos as pessoas ou coisas que não nos são agradáveis à vista…
Estou a falar do facto de, por termos a faculdade de ver, perdermos “aquele encanto” que temos pelas pessoas, aquela sensação de que gostamos delas!

Conhecemos a(s) pessoa(s) através, por exemplo, da Internet , de um SMS perdido(podia meter aqui outros exemplos mas apeteceu-me estes…), gostamos de tudo nelas, da sua maneira de ser, de verem a vida, do seu bom humor, dos seus amuos, dos seus…
Enfim de tudo!
E um dia resolvemos estragar tudo…
Queremos ver o rosto por trás daquele ser de quem gostamos!
E até “vemos”… e depois, bem depois “decidimos” que tudo o que já sabíamos dessa pessoa passa para segundo plano.
Como que é apagado!

Obviamente que não estou a falar de mim… como eu costumo dizer “eu gosto de ver com o coração e não com a visão”!
Obviamente que não falo de amores, se bem que até poderia acontecer…
Obviamente que falo de gostar das pessoas como gostamos de um livro mesmo que detestemos o seu autor…
Obviamente que falo de como quando gostamos de alguém mesmo que esse alguém não goste de nós…
Obviamente que falo de gostar de pessoas como gostamos de uma flor mesmo que detestemos o jardim onde ela se encontra...
(poderia dar outros exemplos mas a gripe “tolhe-me” as ideias)

Hoje deu-me para isto…
Podia falar de outra coisa mas…

Apeteceu-me dizer que há pessoas que se fossem cegas seriam muito mais felizes