2009/09/14

A Red Card To...

A Solita (que é um doce de pessoa e linda, ou não fosse ela da minha família…) e o Sr. Mokas (eu acho que o “Green Eyes” que lá estava era eu, mas com ele nunca sei… um dia sou no outro já não…) desafiaram-me.

Eu explico, querem eles que eu atribua “cartões vermelhos” a 10 situações/coisas, pelo menos eu assim o entendi.

Então sem enumerar porque assim é mais fácil e porque não vou passar o desafio a ninguém (podiam recusar e eu, de momento, não estou preparada, psicologicamente, para a rejeição).

Atribuo “cartão vermelho”:
  • À falta de educação;
  • Aos “cravas”, aqueles que me pedem dinheiro emprestado e nunca o devolvem, a mim por ser tão idiota que continuo a emprestar; 
  • Aos que apenas sabem que existo quando isso lhes convém, a mim porque me deixo “endrominar”; 
  • Aos que desprezam quem deles necessita, a mim por os não penalizar (aos que desprezam obviamente) ainda que o pudesse fazer, mas sabe-se lá porquê desculpo-os sempre; 
  • Aos dias cinzentos;
  • Ao amarelo quando em conjunto com o rosa choque;
  • À música dos ABBA, devo ser a única pessoa que já não os pode ouvir, se bem que nunca fui fã;
  • Aos dias em que não controlo a minha timidez e deixo passar as oportunidades;
  • Aos carros em segunda fila, eu sei que já aqui o tinha dito, mas detesto mesmo;
  • Aos incompetentes, não que o sejam por incapacidade mas por falta de vontade;
  • Aos arrogantes;
  • Aos maldizentes;
  • Aos invejosos;
  • Aos…

Ups, entusiasmei-me! Deve ser do meu estado de espírito por estes dias… 
Apre que me apetece mesmo bater em alguém!