2009/07/17

I Don’t Want To Be Your Friend!!!


Mentiste-me,
Eu disse que não valia a pena!
Nada do que me digas agora
Trará de volta a minha espontaneidade!
Ingenuamente acreditei em ti!
Reconheço que o fiz porque não tinhas necessidade de me mentir!
Agora lá voltarei a ter de reaprender a confiar nos outros!

Eu não te queria, nunca te quis!
Por isso para quê mentir?
Para quê dizer que não me querias,
Se tudo em ti te denunciava?
Será que pensavas que assim me conquistavas?!
Como posso continuar a ser tua amiga?
Eu detesto que me mintam!
Prefiro, mil vezes, que me digam a verdade!
Posso não gostar do que oiço, mas prefiro!
Prefiro “sofrer” uma vez do que “sofrer” duas, a de descobrir a mentira e verificar que afinal existia a mentira!
Eu sei que, por vezes, assusto as pessoas por dizer-lhes o que penso ou o que sinto!
Outras há que bem tento assustar mas não consigo!
Obviamente que não o digo a todas as pessoas que passam pela minha vida!
Há pessoas cuja passagem será tão breve, tão efémera, tão desprovida de conteúdo que não gasto tempo com elas!
Também, me acontece, por vezes pensar que as pessoas serão importantes na minha vida e afinal…
Mais valia estar quieta!
Enfim…
That's life!