2009/07/22

Hoje Descobri O…


Que é o “Aquaplaning”!

Teoricamente já tinha ouvido falar “dele” mas hoje tive o “prazer” de "o" conhecer na prática…

Até que nem correu mal!
Foi só deixar-me ir com “ele”.
Deixá-lo ser “ele” a conduzir-me.
Não lhe “dar luta” fê-lo fraquejar e desistir, voltando assim tudo ao normal!

Mas também só "o" conheci porque ia distraída com outra coisa…
(Toma que é para não seres convencido...)

2009/07/17

I Don’t Want To Be Your Friend!!!


Mentiste-me,
Eu disse que não valia a pena!
Nada do que me digas agora
Trará de volta a minha espontaneidade!
Ingenuamente acreditei em ti!
Reconheço que o fiz porque não tinhas necessidade de me mentir!
Agora lá voltarei a ter de reaprender a confiar nos outros!

Eu não te queria, nunca te quis!
Por isso para quê mentir?
Para quê dizer que não me querias,
Se tudo em ti te denunciava?
Será que pensavas que assim me conquistavas?!
Como posso continuar a ser tua amiga?
Eu detesto que me mintam!
Prefiro, mil vezes, que me digam a verdade!
Posso não gostar do que oiço, mas prefiro!
Prefiro “sofrer” uma vez do que “sofrer” duas, a de descobrir a mentira e verificar que afinal existia a mentira!
Eu sei que, por vezes, assusto as pessoas por dizer-lhes o que penso ou o que sinto!
Outras há que bem tento assustar mas não consigo!
Obviamente que não o digo a todas as pessoas que passam pela minha vida!
Há pessoas cuja passagem será tão breve, tão efémera, tão desprovida de conteúdo que não gasto tempo com elas!
Também, me acontece, por vezes pensar que as pessoas serão importantes na minha vida e afinal…
Mais valia estar quieta!
Enfim…
That's life!

2009/07/10

Curtas de Green Eyes…

Por vezes, mas só mesmo por vezes…
Apetece-me “meter nojo”!

X (a contar uma situação à Chefe-Mor) – Ele diz que está muito chateado e que vem cá pôr uma bomba na próxima segunda-feira!
Green Eyes (de passagem) – Diz-lhe que já vem tarde… Eu já cá estou…
---
Empregado do café (por sinal bem jeitosinho) – Quer o café cheio?
Green Eyes – Eu não, quem deve querer é o seu patrão, a mim basta-me que encha a chávena.
---
Z – Não é necessário dares respostas secas…
Green Eyes – Então traz-me um copo de água…
Mas por vezes e só mesmo por vezes o contrário acontece…
Os outros é que “metem nojo”!

2009/07/07

Afinal Até Me Gramam Mais Do Que Pensava!!!




X – Então Chefe que se passa? Andas tão tristinha…

Green Eyes – Ando? Nem dei por isso, acho que estou cansada… Mas como para a semana vou estar uns dias de férias (apareceram assim não sei de onde mais 5 dias e com tantas articulações 4 gozo já para a semana)vocês já vão ficar todos contentes! Já podem “laurear a pevide” à vontade…

X e Y (em coro) – Nem penses nisso, quando não estás ficamos ”à nora”, não sabemos o que fazer quando não estás…

Z (atalhando a conversa) – Sabes que és a nossa âncora, sem ti não se resolve nada…

Efectivamente ligam-me sempre nas minhas férias e mandam-me e-mail’s…

Coro de colegas – Além disso quem é que nos vai mimar com o cafezinho da manhã e contar aquelas “piadolas” e anedotas que nos fazem sempre descomprimir??!!

Green Eyes – Ora, ora, se eu desaparecesse até ficavam contentes…

X – Sinceramente às vezes parece que te picas…

Green Eyes (em pensamento) por vezes até precisava (de me picar) é que disfarçar sentimentos e estados de alma, andar sempre de sorriso pronto para tudo e todos é uma tarefa extenuante…
Mas é o meu “karma”, nasci para fazer os outros felizes e não o contrário…


2009/07/02

Ais e Ses!!



Ai se eu pudesse falar…
Ai se eu pudesse dizer o que sinto…
Ai se eu pudesse dizer o que penso…
Ai se eu pudesse dizer o que quero…
Ai se eu pudesse dizer o que me falta…
Ai se eu pudesse dizer o que desejo…
Ai se eu pudesse pedir-te…
Será que me ouvias?
Será que me davas?
Será que me respondias?

Ai tantos ais!

Ai tantos ses!

Ai… Ai…