2009/12/31

Desejo-vos Um 2010 Com…

Batalhas ganhas!
Ocasionalidades agradáveis!
Melificação das agruras da vida!  

Amizades reforçadas!
Namorado(a)s para quem não tiver e quiser!
Objectivos concretizados!

Noergia q.b.!
Oásis de alegria!
Volúpias sem pensar!
Osculações a “fartar”!


Todos os anos penso a mesma coisa – “é desta que todos os meus desejos se concretizarão”!
Eu até podia dizer que sim, que desta vez penso o mesmo, mas por uma estranha “nostalgia” desta vez não almejo tal utopia!
Alguns deles eu sei que os concretizarei – deixar de ser chefe, a minha casa, as amizades que irei iniciar e aquelas que irei solidificar – outros há que apenas tenho é de aprender a os “esquecer”.
Escrevi-os algures neste blogue, disseram-me que dava sorte…
Mais uma vez mentiram-me ;)

Love And Peace or Else!!!!!

2009/12/30

Cansada de…


Ver matrículas amarelas
E blusões de couro “fatelas”!

De buracos na estrada
E de semáforos de velocidade controlada!

Ouvir canções de amor
Que só falam ou me provocam dor!

De bons-dias a correr
De que ninguém quer saber!

De sorrisos forçados
E seres dissimulados!

Esperar por tudo e por nada
E ter de ficar calada!

De elogios ardilosos
E dias desgostosos!

De esperar aquele beijo
Que me mate o desejo!

Mas depois isto passa
E tudo volta a ter graça!!!

2009/12/28

Excertos de um dia!



Ao início da manhã entrou em rapaz no meu gabinete e disse – “Bom dia sedutora”. Levantei a cabeça, que estava encafuada nos processos, e olhei-o surpreendida. Tão cedo? Um desconhecido? Numa manhã daquelas em que quase nem me penteei?
– Desculpe? Balbuciei e ele repetiu – “Bom dia Srª Drª”… Ah, afinal não era…
Concluindo: Raio do rapaz e a mania de abreviar!

Parei na passadeira para deixar passar um peão. A “inteligente” da condutora que me seguia achou que eu parei porque me apeteceu e vai de me ultrapassar…
Concluindo: travou bruscamente e por muito pouco não atropelou o peão, eu não a deixei ultrapassar-me, entupiu o trânsito e ainda ouviu uma data de impropérios!

Um senhor, na rua, quis vender-me umas bugigangas. Olhei-o com cara de espanto, por looongooos segundos, e nada respondi.
Concluindo: foi-se embora a resmungar, fazendo gestos com as mãos como que a dizer que eu era doida!

Um rapaz pediu-me um cigarro, disse-lhe que não fumava, mas dei-lhe um isqueiro que tinha.
Concluindo: olhou-me com cara de parvo e devolveu-mo agradecendo!

Fui ao café. Pedi um café e enquanto esperava paguei. Vim-me embora e esqueci-me de o tomar! O empregado veio atrás de mim chamar-me!
Concluindo: ou pago e não tomo, ou tomo e não pago, ou tomo e trago o troco dos outros!

Encontrei uma pessoa na rua que me cumprimentou efusivamente. Estivemos a conversar cerca de 15 minutos, sobre os filhos dele, da nora, da esposa e mais não sei quê.
Concluindo: não sei quem era!

Recebi um email com o meu horóscopo. Dizia que, abreviando, me ia zangar com o meu namorado.
Concluindo: fiquei feliz, não tenho namorado!

E Assim Se Passou Mais Um Dia Banal!

2009/12/23

O Natal E Algumas Manias!


Este post foi “provocado” pelo Saga from Midnight Club!
Havia selos e tal, mas a parte que eu trouxe foram as perguntas, porque aqui, neste blogue, responde-se sempre ;)

A primeira fase refere-se ao Natal e “reza” assim:
  • Passar um Natal muito feliz. Muchas Gracias (Acho que isto eram votos de…) … 
  • Mostrar fotografias da vossa árvore de Natal, presépio e decorações de Natal

                                                  A árvore é gigantesca só cabe aqui um bocadinho :)
  • Contar como costumam passar o Natal. A véspera e o dia, onde vão, o que não pode faltar na mesa, a que horas abrem as prendas, tradições, enfim, o que quiserem partilhar... Dependendo do ano, casa das manas ou cá em casa, vai-se rodando! Na véspera preparamos o jantar, a mim além da tarefa de ir fazendo os doces menos tradicionais, organizar as prendas debaixo e ao redor da árvore e mandar uns “bitaites” sobre a decoração da mesa, cabe-me a tarefa de ir animando o pessoal (somos 10 no total) com as minhas palhaçadas… Jantamos, loiça na “Maria” e toca de ir para a sala abrir os presentes. Os presentes são distribuídos por mim porque vou “animando” o pessoal. Os presentes são sempre dados individualmente, o contemplado tem de ir agradecer, uns tocam piano, outros guitarra, outros cantam e eu que sou a única que não percebo nada de música encanto… E ali ficamos entre presentes, cantos e danças até às tantas da madrugada. No dia seguinte é em casa na mesma, com uma família assim quem precisa de sair ;) 

A 2ª fase diz que é para eu confidenciar algumas das minhas manias:

Mania 1 – Andar sempre às escuras em casa. Nunca acendo as luzes de noite, mas como vivo numa casa muito grande, mesmo, fecho muito bem os olhos porque tenho medo do escuro, e meto sempre um braço à frente, assim tipo a apalpar o vazio.
Mania 2 – Quando durmo em quartos de hotel espreito sempre debaixo da cama, dentro dos armários e por trás da cortina da banheira (caso exista). Culpa dos muito filmes de terror que vejo! (pronto, aqui exagerei... só espreito por trás da cortina)
Mania 3 – Pôr o cinto de segurança mal entro no carro, mesmo antes de pôr o motor a funcionar.
Mania 4 – Dizer sempre o que penso. Obviamente que esta mania profissionalmente teve de ser "limada", mas nas relações pessoais...
Mania 5 – E por último há quem diga que eu tenho a mania que sou boa, eu por acaso discordo… Eu não tenho nada a mania que sou boa… Eu sei que sou ;)

Fim
(do post as manias essas…)

2009/12/22

O (In)Feliz Contemplado Foi…


Após um aprimorado sorteio, onde não faltou o respectivo júri, um representante do Ministério das Finanças, um do Governo Civil e um do Ministério da Justiça, a sorte coube ao…. Kapikua!!!
Até para mim foi uma surpresa... ;)

Ora, se bem me lembro, o pedido do Kapikua passava pela escrita de textos neste espaço.
Se há alturas em que a verborreia não me falta noutras há em que nada se me ocorre, ou seja, por estes dias…
Então pensei… e repensei… e repensei… e nada de jeito se me ocorreu…
Podia falar sobre o “nome” deste blogue – Para Quando Me Apetece… – mas já aqui o expliquei, tornar-se-ia repetitivo…
Podia “pincelar” umas coisas sobre mim, mas este blogue sou eu…

Peço-vos desculpa mas ando sem inspiração para me expressar…
Talvez a única coisa que ainda não disse, assim “preto no branco”, foi o porquê daquela frase na minha foto (que têm de concordar está linda, a foto, claro…) que está aqui no topo deste blogue.

Ora então, e para alguns não será novidade, o “sou como o mar…”, quer dizer que eu:

Nuns dias estou serena;
Noutros revolta!

Nuns dias sou paz;
Noutros guerra!

Nuns dias amo;
Noutros sinto indiferença!

Nuns dias mostro toda a minha beleza;
Noutros escondo-me!

Nuns dias sou enigmática;
Noutros não tenho mistérios!

Nuns dias solitária;
Noutros sociável!


Eu sei que não era bem isto o que queriam, mas quem sabe em 2010 a "coisa" seja melhor ;)
Um Beijo para todos os que gostam de moi-même... mesmo para aqueles que não mo dizem ;)

2009/12/21

Resposta da “Mãe Natal” Green Eyes!




Ao reler as vossas cartas a primeira coisa que me veio à ideia foi logo…
– Estou tramada!!!
Não que as considere muito dispendiosas, (sim, sim conta-me histórias...) mas sim porque pela dispersão geográfica não ia conseguir.
As renas fugiram com o Pai Natal (até elas...) e eu, apesar de ser um “Anjo” ainda não sei voar e carregar sacos ao mesmo tempo!

Ora bem, recapitulemos:

– A Libelinha diz que já esgotou os pedidos, pudera… recebeu um carro e um portátil…
– A Nina diz que quer um “elemento do sexo masculino” para viver uma “paixão louca”, já lho tinha “indicado”, mas acho que ela ainda anda em ponderações... ;)
– A Tronxa, felizmente já tem tudo, apenas queria uma viagem à Madeira… Olha, eu como não consegui perceber se era ires apanhar madeira se ir à terra de “Tio João” decidi adiar…
– A Docinho de Coco queria um encontro, para celebrar a amizade, com moi-même e… terá :)
– A Kor, bem a Kor apesar de me fazer concorrência com os trolhas, li a “pequenina” carta que me escreveu. Li e reli e pensei – Hum… isto é mais para a assistência social, a rapariga quer é um cheque da mercearia… Vai ter de ser outra coisa!
– O Saga baralhou-me… Como não sei se quer uma surpresa, ou se a surpresa era eu, resolvi ficar na dúvida…
– O Kapikua, depois dos “elogios”, lá me disse que queria uns posts… Pois sim… Pois que os terá :)
– A Solita pensa que eu trabalho nos STCP e pediu para acabar com as greves. Olha, se não tivesses emendado de “freves” para greves eu até que ia pensar nisso, assim…
– A iAna, depois da minha insistência, fez uma lista que só mesmo o “Menino Jesus” poderá satisfazer tal é a diversidade! Se bem que talvez haja ali coisas que a Srª Ministra da Educação resolva… “cheira-me” é que será ao contrário…

Pois bem na impossibilidade de satisfazê-los (hum… que palavra tão linda…) resolvi sortear um de vocês e satisfazer-lhe o pedido.

Assim, amanhã cá estará o (in)feliz contemplado e o respectivo presente!

2009/12/20

Eu Bem Disse Que A Detestava…


Eu já tinha dito que a detestava…
Que se a encontrasse “lhe tratava da saúde”!
A culpa de eu andar, não triste, mas furiosa comigo mesmo é dela!
Era ela que me fazia pensar que sim… Que seria possível…

Eram cerca de quatro horas da manhã e eu ainda não conseguia dormir, também  é certo que me tinha deitado há muito pouco tempo, de vez em quando há que ir "prá night"!
Como que por milagre o telelé toca! (há amigos que se esquecem das diferenças horárias e ainda bem… neste caso).

Rob – Oi princesa! Blá, blá…
Green Eyes – Oi coração! Blá, blá…
Rob – Tá passando algo? Eu e a Bá (mulher dele) tamos pressentindo algo…
Green Eyes – Nada de especial, só que tititi, tototó, nhinhinhi, nhonhonhó, rititi, pipipi, popopó, tatatá…
Rob – Nossa "mininã"!!! Não pensa assim… blá, blá, blá, blá…

Continuamos assim na conversa por mais alguns minutos, depois falou a Bá e lá nos despedimos. Raramente falo com eles, aliás acho que já não nos contactávamos para mais de um ano.
Engraçado!

Depois desta conversa reflecti (porra… como eu precisava desta conversa...)
– Green Eyes tu realmente não existes… Tanta gente que tem preocupações a sério, sem casa, doentes, sem amigos, sem emprego, e tu preocupada com tretas destas…


Wake up girl!
"Bola prá frente”!

Quando “traçaram” o teu destino, e não me venham dizer – ah, e tal o destino somos nós que o fazemos… – essa parte ficou de fora…
Nem toda a gente tem de ter companheiro, olha o Guará

Pronto… já estou refeita dos breves momentos de fraqueza que tive!
Há gente que precisa de mim e não é pouca…


Também me ajudaram os presentes de Natal que já recebi.
As asinhas de Anjo que a Kor me ofereceu, que me fizeram lembrar de que os anjos existem para fazer o bem aos outros, para proteger e não o contrário!
O descomplicómetro da Tronxa que não descomplica nada, mas que me deu cá um choque eléctrico (deve vir com defeito porque ela comprou no chinês) que me fez acordar desta ilusão!

Não prometo que daqui para a frente sejam só coisas divertidas que aqui vos conte, afinal a vida não são sempre dias felizes…

O que eu me "fartei" de dançar a "Sexy Chick", até parecia que a repetiam só para mim ;)

2009/12/18

Poder Podia...





Eu até podia ter tido um óptimo dia... Ou até mesmo um dia óptimo...

Poder podia, mas não era a mesma coisa...

P.S. - Por vezes tenho a sensação de que falo demais... Me "exponho" e nem sempre, infelizmente, às pessoas certas...
E logo eu que sou tão desconfiada...
Parva!

2009/12/17

Que Melgas!!!



Não, não estou a queixar-me dos meus fãs!!!

É dos estúpidos que me enviam uma porcaria de e-mail, do qual não me consigo livrar, sobre “how to enlarge your penis”!!!!
São estes e os “bruxos” que me enviam, em francês para ser mais chique, um e-mails a alertar-me de “si vous ne me réponde pas vous allés avoir beaucoup de malle chance à l’amour”!!!

Ora, analisando os dois e-mails em conjunto, duas dúvidas se me afloram (até se me afloram outras mas…):

- Devo eu mudar de sexo para ser mais feliz no Amor?

Ou será que:

- Não sou feliz no amor porque ele (que há-de aparecer um dia, se demorar muito azar… o dele claro) tem um “amiguinho” pequenino?

É que não há modo de me livrar destes e-mails!!!!
Por mais spam que reporte eles voltam a “furar” qual pénis enraivecido…

Estou a “perder a paciência…”!!!

Eu até que podia "apagar" a imagem do charuto, mas...
1º nada tenho contra fumadores (apenas gostode ir de encontro a alguns...)
2º dá assim um "ar" mais feroz... ;)

2009/12/16

O Meu Aborrecimento!


Ando aborrecida há já algum tempo, mas ontem foi mesmo a gota de água!
Eu não gosto que me cobrem sentimentos!
Não gosto!
Eu não forço sentimentos, não consigo!
Sinto-me um "alien" quando me dizem "tenta... com o tempo aprendes a amar"!
Eu não quero! Eu não sou assim!

Ele (aqui, aqui e aqui) era meu amigo, ou pelo menos eu achava que sim, mas mais do que isso eu não posso dar...
Agora não quer ser mais meu amigo diz que não mereço, eu não o condeno por isso, até concordo que será mais fácil "passar" isto tudo!
Mas sinto-me tão mal!
Tão má, feia, parva, estúpida!!!
Porque não posso eu ser como as outras pessoas?
Aquelas que conseguem "andar" com alguém sem as amar!
Porque raio tenho eu de amar?
Porque tenho de fazer sofrer alguém?
Porque não é ao contrário? Eu a amar sem ser amada? Seria tão mais fácil! Eu sei amar em segredo, eu sei afastar-me!
Dói-me obviamente, mas é mais fácil quando não faço doer!
Percebem agora o porquê do meu aborrecimento?



Se tiverem paciência, interesse, sei lá que mais, leiam os "aquis" será mais fácil não me desaprovar!!
Se de repente este texto desaparecer é porque me senti ainda mais estúpida ao relê-lo, por agora não o relerei...

Docinho de Coco Eu Não Resisto...


A responder!!!!

A Susaninha, que para mim é a Docinho de Coco, ofereceu, como presente de Natal, uns miminhos que traziam apensas umas perguntinhas.
Ora, como é sabido e mais que sabido, aqui a Green Eyes não resiste a responder a perguntinhas ;)

Então cá vai:

Versão aparvalhada! (à moda de Green Eyes...)

1- Em que te reencarnarias? Numa gata! (há quem me chame de gata... já era meio caminho andado)

2 - Algo que não podes prescindir? De oxigénio! (apesar de ser "um bicho raro" também respiro...)

3 - O que mais gostas numa pessoa? Depende da pessoa, numas é, por exemplo, a roupa que usam, noutras a falta desta!

4 - Qual a tua cor de roupa preferida? A acromo! É linda e fica bem em tudo...

5 - Três palavras que te definam? Um (uma) Ser (duas) Humano (três)!

6 - Um lugar para viajar? Hum... pode ser o lugar 48 fila H num avião!

7 - Citação favorita de um livro ou filme? Código de barras! Vá pronto, naqueles dias em que estou bem disposta pode ser a etiqueta do preço!

8 - Se não te dedicasses ao que fazes hoje em dia, qual seria a tua outra opção? Quem disse que eu me dedico ao que faço?! Ele que venha cá que eu digo-lhe... Aldrabão!

9 - Qual foi a tua extravagância maior? Ter nascido!


Antes que comecem com "bocas" o diabinho está a rir e não a tapar o nariz... Este blogue cheira sempre muito bem ;)

Quando estou aborrecida só me saem coisas destas... Sorry...

2009/12/15

Carta De Natal Para a Green Eyes!



O Pedrinho e, desta vez acompanhado da prima dele, a Milinha, vieram visitar-me para o tal cafezito da praxe! (contei-vos aqui)
A Milinha nunca tinha vindo, mas como o Pedrinho lhe disse que eu até era "fixe" e que nunca lhe tinha mentido, ela lá resolveu arriscar...
Lá fomos tomar o cafezinho e conversar!
Tenho de vos confessar que eu "puxo" por eles, que os provoco! Gosto muito de ver as respostas que os miúdos dão!
A Milinha de início só olhava, com aquele olhar desconfiado, de miúda de 8 anos, que vê o seu primo "tão encantado" com outra "miúda" que não ela! (já sabem, se leram o outro texto, que o catraio me adora...)
Eu lá ia dando um sorriso, não gosto de forçar, e de vez em quando incluía-a na conversa, pelo que ela lá se foi "encantando" comigo também e no final já éramos amigas! São tão "fáceis" as crianças!
Bem, mas adiante, que o objectivo deste texto não é este...
Então a "missão" dos miúdos era entregar-me uma carta com "pedidos de Natal"!

 - Pedrinho, mas a Green Eyes não é quem dá os presentes, é o Pai Natal!
- Sim, mas para ele já mandamos! Mas esta é mesmo para ti porque estás mais pertinho e és minha amiga, assim temos a certeza que nos dás o que queremos!

Ai Meu Deus! Green Eyes (Moi-même) agora estás tramada... A medo, lá abri as cartas, por insistência deles, e suspirei, disfarçadamente, de alívio, coisinhas tão simples que eles querem!
Obviamente que as vou oferecer!
Lá continuamos com o nosso blá blá e na despedida diz-me o Pedrinho:

- Green Eyes o meu tio também mandou uma carta, mas disse para abrires sozinha!
- Ele é um bocado parvo! - Sentenciou a Milinha, facto com o qual eu, mentalmente, concordei!(confirmem, se vos apetecer, aqui...)

Ora então esta pequena introdução serve para dizer que esta invenção dos miúdos me deu uma ideia...

Como não sei o que vos oferecer neste Natal, que tal deixarem os vossos pedidos por aqui, em comentário ou email?
Obviamente que a piada seria serem originais... Ou não...
Posso pedir-vos isso?
Seria assim a modos que o meu presente de Natal de vocês para mim!
Tentarei satisfazer-vos!


P.S. - O tio do Pedrinho é mesmo um "banana" ;)

2009/12/13

O “Desespero” Dá Nisto…



Pois é, não sei bem porquê, deve ser da época Natalícia, mas achei que era uma boa altura para ter o meu “príncipe”! Fala-se tanto em Amor...
Muito bem Green Eyes, como moras “no cu de Judas”, e nada te agrada por estes lados, o melhor é fazer como na publicidade da TV… Usar um perfume bem cheiroso que vem logo um jeitoso cheirar-nos o pescoço e tal…
Ora se bem o pensei… melhor o fiz…
E lá vai aqui a “totó esperançada” para a perfumaria, bem longe de casa para aumentar as probabilidades da “coisa” funcionar!
Experimenta um e espera…
Nada!
Mais uns segundos e…
Nada!
Repete o processo com mais cinco ou seis aromas e…
Nada!
Nem “unzinho”!
Nada!
Numa derradeira tentativa dirigi-me, e já em desespero de causa, à prateleira dos perfumes para homem…
Nunca se sabe!
Escolhi um do António Banderas o qualquer coisa Seduction! Com um nome destes mal seria se não funcionasse…
Mal tinha acabado de pôr uma borrifadela de perfume e senti logo alguém atrás de mim…
Ai Meu deus! Ai que resulta!
Quando de repente, em vez de me beijar o pescoço e tal, como na publicidade, o moço me diz: - Esta é a secção para homem! Não prefere ver do outro lado!
A frustração de não ter acontecido tal como a publicidade prometia, só foi superada pela satisfação de ver a cara de parvo do moço quando lhe respondi…

Obviamente que fiquei hiper-enjoada e nem sequer comprei um dos meus três perfumes preferidos, o Miracle, o Attraction ou o Eternity!

O perfume em vez de me trazer o tão desejado príncipe trouxe-me foi uma dor de cabeça daquelas bem fortes…
Se bem que o príncipe também poderia ser uma dor de cabeça…
Mal por mal fico com a que já conheço!

Odeio publicidade enganosa!!!!

(Ah, o moço era feioso...)

2009/12/11

Conhecem Alguém Que...



Ao afastar a melena, franja, guedelha, trunfa, dos olhos atire, mas atirar mesmo, assim tipo lançamento de dardo, os óculos pelo ar??!!

Não???!!!
          ...
              ...
                  ...
                       ...
Não mesmo???!!!

Ok...

Se guardarem um segredo eu... ... ...
                                                            ... ... ...
                apresento-me...


Green Eyes... muito prazer em conhecer-vos!



Ah! O segredo, como não se estão a rir eu conto, é que essa mesma pessoa perdeu uma lente de contacto, procurou, procurou, procurou e nada... Até que ao chegar ao pé de alguém, esse alguém lhe disse: - Acho que tens uma espécie de escama de peixe no colo (isto porque ele é um Senhor e não quis dizer mamas...)!!

Isto é no que dá querer ser Sexy!!!

2009/12/10

Larga-me!!!!!!!



Deixa de me perseguir...

É que vá eu para onde for, lá está "esta coisa" atrás de mim...

Pior do que uma sombra...
Esconde-se nas esquinas!
Enfia-se em becos escuros!

Eu sei o que tu queres...
Pessoa: Palerma! Inepta! Néscia! Mentecapta! (pausa para espirrar)

Mas mesmo a "cair de doente" e apesar de andar à tua frente, ó se ando, eu é que te faço sombra!!


(Andassem outras pessoas assim "atrás" de mim...)

2009/12/09

Chiu...


Não lhe contem que estou aqui escondidinha...

Deixem-me saborear um bocadinho mais o momento...

Ele disse que eu era LINDA!!!



Eu sei que é uma futilidade... mas sabe-me tão, mas tão bem que até esqueci o início de manhã "atribulado" que tive!!


2009/12/08

Dizem Que...


A Esperança é a última a morrer!


Pois fiquem a saber que se eu a "apanho" está tramada, essa tal de Esperança...
Estrafego-a!
Esfanico-a!
Espatifo-a!
Se há coisa que me irrita é ter esperança...
Contra todas as Leis da Física, contra todas as Leis da Matemática, eu continuo a ter esperança!!!
Mesmo sabendo que é matematicamente impossível, fisicamente improvável, aqui a "totó" continua a achar que sim...

Conversa de Green Eyes com Green Eyes pequenina que se lhe aloja no cérebro:

- Little Green Eyes, esquece não dá mesmo, apaga, muda de pensamento, isso NUNCA vai acontecer!!

Green Eyes, pequenina, de olhos esbugalhados, vidrados de lágrimas, mãos entrelaçadas e com "aquele ar esperançado":

- Pode ser que dê... espera mais um bocadinho...

Apre... já não me bastava suportar a estúpida da esperança ainda tenho de aturar a palerma da Green Eyes pequenina???!!!

2009/12/06

Mais Um Pretexto Para …


Falar de “moi-même”...

A Kor e a Libelinha fizeram-me, indirectamente, estas perguntinhas, já o Saga foi mais directo e até confiante em afirmar que eu responderia!

Ora eu como “tenho sempre uma resposta na ponta da língua” (quando não está lá uma afta…) resolvi aceitar e responder :)

Na primeira fase tenho de revelar 5 “confidências” sobre mim…

1. Tenho olhos verdes! (vá lá confessem… ainda não tinham percebido, pois não?)
2. Tenho muitas dificuldades em dizer Não!
3. Adoro crianças!
4. Quando estou irritada, canto!
5. Não consigo dormir sem tapar as orelhas...

Na segunda fase é responder ao questionário…

1) Que horas são? Sim! É uma cadela dálmata (eheheh).
2) Nome? Green Eyes
3) Quantidade de velas no seu último bolo de aniversário? Velas? Bolo? Aniversário?... Não sei o que isso é ;)
4) Furos nas orelhas? 1/cada (já tive mais mas fecharam-se)
5) Tatuagens? 0
6) Piercings? 0 (ideia em desenvolvimento)
7) Já foi à África? Não, mas gostava…
8) Já ficou bêbado? Já (há muito tempo atrás), quer dizer, disseram que eu estava porque me fartava de rir, o que quer dizer que ainda devo estar, já que me farto de rir...
9) Já chorou por alguém? Já, mais vezes do que queria.
10) Já esteve envolvido em algum acidente de carro? Já. O carro estava estacionado, eu a minha irmã mais velha estávamos a dormir lá dentro e um táxi despistou-se e veio contra “nós”…
11) Peixe ou carne? Peixe, carne… (estamos a falar de comida, certo?)
12) Música preferida? Gosto de tantas, mas tantas mesmo. Cada uma tem uma história ou uma pessoa associada a ela. Mas a “Wish You Where Here” é aquela que me lembra uma altura da vida em que eu “era a cuidada” e não “a que cuida” dos outros…
13) Cerveja ou Champanhe? Bem… Se eu vos disser que todos adoram quando eu peço uma “jola”… é que já sabem que bebem duas pelo preço de uma, só beberico mesmo. Champanhe só se for Moët & Chandon! Gosto mesmo é de água com limão!
14) Metade cheio ou metade vazio? Depende do que for... Mas prefiro ou cheio ou vazio…
15) Lençóis de cama lisos ou estampados? Estampados, lisos, cheirosos, tudo menos brancos!
16) Programa de televisão? Filmes e séries, especialmente “Dark Angel” e “Supernatural”.
17) Filme preferido? Ainda continuo apaixonada pelo “My Blueberry Nights”
18) Está ouvindo alguma música agora? Sim, raros são os momentos em que não oiço… Lonely Nights – Scorpions.
19) Flor(es)? Orquídeas selvagens, pelo exotismo e Requelinas pela simplicidade.
20) De que pessoa recebeu esse questionário? Kor, Libelinha e Saga
21) Qual o amigo mais distante que você tem? Os amigos nunca estão distantes, se estão não são amigos…
22) O melhor amigo? A Ana Maria.
23) Hora de dormir? Não tenho… É mesmo quando dá…
24) Quem acha que vai responder esse questionário mais rápido? Quem vai lendo…
25) Quantas vezes você deixa tocar o telefone antes de atender? Eu, em casa, nunca atendo o telefone, em serviço deixo tocar duas vezes, para ter a certeza que é mesmo chamada. Se for o telemóvel é ao contrário.
26) Qual a figura do seu tapete do rato? Apesar de ter um portátil tenho um tapete para o rato externo e tem a Betty Boop (comprei em Portaventura)
27) CD preferido? Um que foi gravado, com blues, especialmente para mim :)
28) Mulher bonita? Halle Berry (para não dizer a minha mãe já que sou parecida com ela e poderiam ficar enganados em relação a mim …)
29) Homem bonito? Keanu Reeves (para não dizer o meu pai já que sou parecida com ele e poderiam ficar enganados em relação a mim…)
30) Pior sentimento do mundo? A hipocrisia!
31) Melhor sentimento do mundo? O amor!
32) O que uma pessoa não pode ter para estar com você/ter sua amizade/companhia? Falta de sentido de humor, egocentrismo.
33) O primeiro pensamento que você tem ao acordar? Que dia é hoje?
34) Se pudesse ser outra pessoa, quem seria? Seria eu mas com alguns ajustes! (menos egoísta, menos má, menos…)
35) O que é que você tem debaixo da cama? Livros, gavetas com muitos livros.
36) Nome da pessoa que talvez não responda ao questionário? O Sócrates!
37) Aquele que com certeza vai te responder? Todos os que lerem (inconscientemente vamos lendo e respondendo)
38) Quem gostarias que te respondesse? Quem lhe apetecer!
39) Uma frase: Eu até podia dizer outra mas… “After all... tomorrow is another day”

To be continued…

2009/12/04

E Se de Repente Eu...

Vos convidasse a virem comigo...

Uma completa desconhecida...

Sem saberem para onde...

Nem porquê...

Viriam????


2009/12/03

(No Words) Hoje Apetece-me...











Em jeito de rodapé e em resposta ao comentário, da Docinho de Coco, sobre este post, no post anterior... Não é que eu não queira "words" é mesmo porque eu hoje sinto que as não mereço...
Pelo menos aquelas que hoje ouvi...

2009/12/01

More of Green Eye’s Gaffes!!



aqui tinha contado alguns dos meus “pequenos lapsos” e hoje apeteceu-me contar estes…

O cenário é uma conferência/seminário, a que eu adorei ir…

Lá estava eu sentadinha, perdida nos meus pensamentos porque o tema era uma chatice e o orador fazia “pendant” com ele, a simbiose perfeita, quando oiço o Sr. do lado a me perguntar qualquer coisa:

Sr.: – Tem cão?
Eu, olhando para ele com o meu sorriso cinco estrelas:
– Sim, temos uma cadela, é dálmata!
Pela cara do Sr. percebi que não deveria ter sido essa a pergunta!
Sr.: – Ah, parabéns então! Mas eu queria era saber as horas…
Eu: – Ai desculpe (coradinha de vergonha), não tenho… espere tenho…
Só eu para confundir a pergunta – “que horas são?” com a “tem cão?” :{

Num dos intervalos e porque tinha mesmo de ser, lá fui eu a correr à “casinha”!
Entrei toda despachada e… estanquei… o cenário era assim, ligeiramente, para o estranho…
Estavam dois HOMENS na casa de banho!
Um deles estava, mesmo à entrada, a acabar de lavar as mãos e olhou-me como se eu fosse de “outro planeta”, o outro… bem o outro não sei em que parte do “acto” ia… deixei de ver, ouvir…
Em breves segundos morri… ressuscitei… e pensei rápido como a situação o exigia...
– Green Eyes, pensa, vamos lá mulher, numa desculpa para estares na casa de banho dos homens… posso dizer que a fila na das mulheres era enorme… não isso é muito banal… ah, já sei! Como que uma luzinha se acendeu por cima da minha cabeça, mesmo acima da minha auréola de anjo, e respondi:
– Desculpem, estive a passar férias em Paris há pouco tempo e lá as casas de banho eram mistas…
A avaliar pelas caras e risinhos velados deles durante o resto do dia parece-me, mas é só mesmo uma impressão, que não acreditaram… :{


P.S - Na verdade numa das vezes que fui a Paris fomos a um bar em que as casas de banho eram mesmo mistas e... sem portas...

2009/11/29

(2) Na Vida Aprendi Que…


Por vezes a visão é uma desilusão…
 

Não, não estou a falar do facto de vermos as pessoas ou coisas que não nos são agradáveis à vista…
Estou a falar do facto de, por termos a faculdade de ver, perdermos “aquele encanto” que temos pelas pessoas, aquela sensação de que gostamos delas!

Conhecemos a(s) pessoa(s) através, por exemplo, da Internet , de um SMS perdido(podia meter aqui outros exemplos mas apeteceu-me estes…), gostamos de tudo nelas, da sua maneira de ser, de verem a vida, do seu bom humor, dos seus amuos, dos seus…
Enfim de tudo!
E um dia resolvemos estragar tudo…
Queremos ver o rosto por trás daquele ser de quem gostamos!
E até “vemos”… e depois, bem depois “decidimos” que tudo o que já sabíamos dessa pessoa passa para segundo plano.
Como que é apagado!

Obviamente que não estou a falar de mim… como eu costumo dizer “eu gosto de ver com o coração e não com a visão”!
Obviamente que não falo de amores, se bem que até poderia acontecer…
Obviamente que falo de gostar das pessoas como gostamos de um livro mesmo que detestemos o seu autor…
Obviamente que falo de como quando gostamos de alguém mesmo que esse alguém não goste de nós…
Obviamente que falo de gostar de pessoas como gostamos de uma flor mesmo que detestemos o jardim onde ela se encontra...
(poderia dar outros exemplos mas a gripe “tolhe-me” as ideias)

Hoje deu-me para isto…
Podia falar de outra coisa mas…

Apeteceu-me dizer que há pessoas que se fossem cegas seriam muito mais felizes

2009/11/24

Eu Sou Mais Sexy Do Que O Meu Blog ;)


A Solita disse, aqui, que achava o meu blog sexy, como é óbvio refutei…

“Solita eu sou sexy... o blogue nem por isso :P, mas eu sou... eu sou... eheheheheheh, agora tenho é de tirar uma foto assim de pernocas para o ar e meter no blog ;)”

Claro, obviamente (gosto tanto desta palavra), que ela concordou logo! (ai dela se o não fizesse…)

Como sempre que vejo "cenas destas, sexys" as mulheres têm sempre as pernas ao alto...
As duas para cima, uma para cima outra para baixo, meio levantadas, levantadas e dobradas...
Mas sempre "ao alto"!
Até comentei com a Docinho de Coco, a Susaninha, lá no Brinquinho da Cantareira...
Resolvi, então, tentar fazer-me de sexy...

Então aqui está a foto…


Infelizmente não consigo levantar mais as pernocas… é das artroses, espandiloses, escolioses, osteofitoses… Enfim... é da idade!!!


Vá lá… sou ou não sou mais sexy do que o meu blog?
Avisa-se que haverá represálias para quem discordar…

Agora vamos lá a ver quem são os corajos@s que "levam" a ideia e aceitam o "desafio"!!


(Para os mais atentos ao blog, se é que os há..., a foto é repetida porque está frio e não posso andar assim de pernocas ao léu... se bem que de meia de liga era capaz de ficar engraçado...)

2009/11/22

(1)Na Vida Aprendi Que…


Há pessoas tão,
                 mas tão,
                       mas mesmo muito
                              ególatras que até enjoa...

Esquecem-se de quem esteve sempre ao "seu lado", nos maus momentos... sim porque nos bons esquecem-se de nós e ficam-se com quem os idolatra...
Quando estavam sós esses, os idólatras, não queriam saber deles, mas a mente desses seres, os egotistas, tem memória curta, e por cinco minutos de bajulação deixam-se ir...


Aprendi... mas não aprendo... 

Ou será que a indulgência é uma dádiva?


2009/11/18

Uma "Rival" de 6 Anos!!!!!!!


Hoje lá tive eu de voltar aqui... Nada de complicado.

Estava eu sentada, num dos bancos da sala de espera, a aguardar a minha vez quando me apercebi de que havia dois miúdos, um casal, que andavam a fazer um bocadinho de barulho e a correr de um lado para o outro...
Obviamente que me pus logo a ver o que se passava...
Uma miúda de cerca de 5/6 anos "andava atrás" de um miúdo mais ou menos da mesma idade. Corria para ele e tentava agarrá-lo, queria abraçá-lo, queria que ele conversasse com ela, enfim tentava por todos os meios chamar-lhe a atenção!
O miúdo, com um ar de zangado, tentava fugir, encostava-se à mãe que se ria, corria entre as pessoas, mas nada, ela agarrava-lhe a camisola e ali andavam um a puxar o outro...
De repente ela desistiu por breves segundos, apenas para ir buscar à mãe qualquer coisa e o miúdo, aproveitando a "deixa", correu para o meu lado, sentando-se rapidamente ao meu lado e olhando para mim como que a pedir-me protecção.
Dei-lhe um sorriso de solidariedade e comecei a conversar com ele.

Green Eyes - A menina é um bocadinho chata, não é?

Miúdo - Boilas... Já tou canxado...

A miúda mal reparou que eu tinha a atenção pela qual ela tanto lutou... aproxima-se de mim, espeta-me um valente pontapé na perna e diz:

Miúda - Paba, és fea!

Entre risos, mães "aflitas", dores na perna, lá lhe expliquei que não se pode bater assim nas pessoas e tal!! Até que nem foi difícil conquistá-la! 

Conclusão de Green Eyes...

  • As "pirralhas" começam mais cedo a reivindicar, o que querem, do que no meu tempo...
  • Continuo a saber lidar com mulheres enfurecidas...
  • Neste consultório há sempre um "rapaz" para mim...



2009/11/14

De "a" a "e" um pouco de mim!


O Saga que é o blogger do Midnight Club, a quem eu visito e gosto de ler, presenteou-me com este selo, que tal como ele diz é “cor-de-rosa com florzinhas”, mas bem giro, digo eu ;)
Fiquei agradavelmente surpreendida porque ele me lê há pouco tempo, quer dizer eu acho que ele lê. Lol

Tal como todos os outros tem regras e tal…

Ora então vamos lá.

Regras:

1. Postar o selo
 indicar quem o deu –  Saga
 
2. Completar as frases:

a) Eu já… devia deixar de acreditar no Pai Natal! Pronto… no Pai Natal ainda vá que não vá, mas que ele vem num trenó, puxado por quatro renas e a voar… acho que já é demais! (Isto tudo para dizer que devia confiar/acreditar menos nas pessoas…)

b) Eu nunca… pensei em escrever um livro… mas aconteceu! (é a compilação das histórias que contava à minha sobrinha)

c) Eu sei… que um dia o que eu quero acontecerá! (até porque eu sou modesta no querer…)

d) Eu quero… ir ao Butão! (preciso é de companhia…)

e) Eu sonho… com um encontro numa praia com uma pessoas especial! (esta é a minha faceta nhonhó…)

Ai como eu gosto de responder a perguntinhas ;)

2009/11/11

Hoje Apeteceu-me Fazer um “Strike” ou um “Hole In One”!!



Tive mesmo muita vontade de fazer um “Strike”, mas em que os pinos fossem “certas e determinadas” pessoas e a bola fosse o meu carro…

Ou então de fazer um “Hole in one”, em que a bola fosse “certas e determinadas” pessoas, o taco fosse o meu carro e o “green” estivesse cheiinho de vidros partidos…

Só não o faço porque o meu carro está sem "airbags" e o Sr. mecânico avisou-me para não ter acidentes até resolver a situação!

2009/11/09

Um Viva À Vida... À Minha!



Porque, por vezes, pode não ser aquela que:

Eu quero;
                  Eu mereço!
                                               Mas é...
                                                           Aquela que tenho!!
Por isso...
      Viva a Vida!
                   Cheers to Life!
                                        À la Vie!
                                                 Gracias a la Vida!



                        
P.S. - Alguém me disse um dia "pensas que a tua vida não é aquela que gostarias, mas lembra-te que, por vezes, a tua felicidade se vê nos olhos dos outros..."

2009/11/03

Escapadinha Dominical!




Depois de alguma hesitação aceitei o convite!
Fui até Lisboa, cidade que eu adoro, por diversas razões, ver a exposição “Encompassing the Globe, Portugal e o Mundo nos séculos XVI e XVII”.
A exposição valeu a pena, bem como todo o restante, rever Lisboa e algumas pessoas.
Adorei rever “aquela luz” que só Lisboa tem!
A companhia foi perfeita! Entre eles estavam a mana mais velha, as sobrinhas e o “cunhadão”!
E eu… bem eu sou sempre a “palhaça” de serviço.
A viagem de regresso até casa da mana foi super divertida, fizemos um concurso "meio doido". Eu e a mana resolvemos “imitar” alguém que canta em funerais e trocávamos as letras de algumas músicas para combinarem com a ocasião!
Valeu de tudo para não adormecermos na viagem! Ainda bem que as miúdas adormeceram durante a viagem e nada as fez acordar!
Os “meus” cerca de 160km foram um pouco mais complicados!
Eu até que nem desgosto de viajar sozinha, mas conduzir àquela hora da madrugada, com sono, cansada, com a chuva a cair ininterruptamente, num IC muito mal iluminado e na maior parte do percurso completamente “deserto”, não era mesmo nada o que me apetecia fazer!
Valeu-me a música que confesso, e já o disse publicamente, gosto de ouvir bem alto!
E pronto… ontem estava “em baixo” e não consegui escrevinhar aqui nada…
Ontem apeteceu-me falar com o Pedro ou com o Carlos, mas…


Ah, não vos recomendo a exposição porque já acabou :) :)

2009/10/29

Desta Vez Travei A Tempo!!



Pois é, desta vez correu melhor do que nesta!

Então foi assim:
Cheguei a casa e, ao passar o portão, reparei que lá ao fundo estava qualquer coisa que me parecia mesmo um sapo!
Ó Green Eyes – pensei eu – lá estás tu a ver “coisas” onde elas não existem… mas parecia-me mesmo…
Como estava um bocadinho escuro, as luzes do carro não me ajudavam lá muito, tentei fixar o olhar, desta vez não queria matá-lo!
Nada, nem sequer um ligeiro abanar! Não se mexe – voltei eu aos pensamentos – deve ser uma folha da latada!
Pelo sim pelo não entrei, na quintarola, devagarinho e tentando não passar com as rodas do carro por cima da “folha”!
Saí do carro e, como ainda não estava convencida, fui lá ao pé ver o que era.
Quando me aproximei vi que na verdade era mesmo um sapo.
Gordo, grande, brilhante!
Ah, hoje não me escapas, vais levar um beijo e vais transformar-te em príncipe – disse eu em voz alta para o batráquio!
Mal me ouviu, o palerma do sapo, começou aos saltos e fugiu de mim com uma rapidez tal que até o confundi com o Obikwelu!!

Parvo, nem tu, meu estúpido, queres o meu beijo…

Deixa estar que amanhã logo vês!!

"Raios partam os sapos..."

2009/10/28

Dilema de Green Eyes!!!




Estou num dilema!

Não sei o que fazer!

Se por um lado me apetece, e muito, dizer que sim, por outro lado fazer cerca de 900km, ida e volta, no domingo, não me parece lá muito atractivo!
Claro que existe a atenuante de apenas o fazer sozinha em cerca de 300km, mas mesmo assim…
Depois também temos como desmotivador o facto de ter de abdicar de algumas horas de sono…

Ó céus… não sei o que faça…

2009/10/25

A Borboleta da Susaninha!

Este é um “selinho” oferecido pela Susaninha e, como já é habitual em mim, aqui na blogosfera não cumpro regras!
Mas gosto de responder a estes questionários ;) Aliás adoro responder a perguntas mas não gosto de as fazer!

Agradeço, muito, porque apesar de não cumprir as regras, adoro lá, nos outros blogues, ver o meu nome… vaidosa eu me confesso!
A “borboleta” deixo com a Susaninha, fica-lhe tão bem que seria um crime retirar-lha!

As perguntinhas são:

Mania:
De “jogar à defesa”!
De não deixar cair os muros que construí em redor de mim…

Pecado Capital:
Primeiro quando li pensei que era um pecado que eu tivesse cometido na Capital... 
Sinceramente, nenhum… ou então um pouquinho de cada…

Melhor cheiro do Mundo:
De tudo o que gosto, mesmo que cheire mal, como gosto para mim é o melhor…

Se o dinheiro não fosse problema:
Viajar. Viajar, viajar e viajar!
Dar ainda mais, adoro ver a alegria dos outros quando lhes dou algo :D

História de infância:
Lembro-me pouco da minha infância, a idade não perdoa! Estranhamente só me lembro das tolices que fazia…
Lembro-me de ir passar férias à casa da minha avó materna, tinha eu cerca de 7/8 anos e me mandarem lavar a louça (chávenas do pequeno-almoço) eu furiosa peguei numa ceira das compras, meti lá os meus pertences e fui pedir boleia para voltar para casa. Como a minha avó morava numa zona rural o único carro que passou, e me deu boleia, foi um carro de bois!

Habilidade como dona de casa:
(In)Felizmente tudo… Mas cozinhar, criar novos sabores e novos pratos culinários é o meu forte, especialmente doces ;)

O que não gosto de fazer em casa:
Apetecia-me dizer tudo, mas fica mal, não fica? A que detesto mesmo… limpezas.

Frase preferida:
“… Afinal, manhã será um novo dia…” – Repito-a para mim mesma muitas vezes, dá-me esperança :)

Passeio para o corpo:
Hum… prefiro passeio pelo corpo ;)

O que me irrita:
Que as pessoas amuem e não me digam porquê! Que deixem de me falar sem mais nem menos…

Vou aos arames quando:
Apetecia-me dizer quando é necessário consertar a cerca :) :) :) :) :)
As pessoas são incompetentes, principalmente quando prejudicam outras pessoas!
Quando “emprenham pelos ouvidos”!

Talento oculto:
Está tão oculto que quando se revelar vai ser um “estrondo”!!

Frases ou palavras que uso muito:
Credo!!!!!!!!
Blá, blá, blá…

Palavrão mais usado:
Fónix ^.^

Queria ter nascido a saber:
Nada de especial, adoro ir aprendendo :)

Kor, ontem não deu... Este também é para ti :):)

2009/10/23

Um Sorriso Para...

a Susaninha “Docinho de Coco”!

Mas extensivo a todos vocês que gostam de me ver sorrir ;)

Porque nada nem ninguém me fará perder este sorriso!



Ainda que o coração me “doa”!
Ainda que não controle as lágrimas!
Ainda que a tristeza me invada!
Ainda que o cansaço me avassale!
Ainda que…

Este está sempre lá!

2009/10/21

Que estranho…

Hoje apetecia-me estar junto de alguns bloguistas “donos” dos blogues por onde vou “passando”.

O estranho não é eu querer ir para junto de pessoas que não conheço pessoalmente, o estranho são as razões que me levam a ter este apetite…


2009/10/19

À Conversa Com o Pedrinho.

O Pedrinho é um menino, tal como outros, que um dia foi com a mãe ao meu serviço e, a  partir daí, de vez em quando, vai visitar-me. Diz ele que vai convidar-me para um café, e se noutros casos até hesito, neste caso aceito sempre de bom grado.
Vamos ao café e como é óbvio, porque o Pedrinho tem apenas 9 anos, quem toma o café sou eu, para ele é sempre um “xicolatado”, como ele gosta de dizer!

Hoje tivemos uma conversa muito proveitosa…

Pedrinho – Green Eyes porque não tens marido?

Eu – Porque ainda não encontrei aquele rapaz especial.

Pedrinho (com ar pouco convencido) – Nem um namorado?

Eu – Pedrinho, se não apareceu o rapaz especial como queres tu que a Green Eyes namore?

Pedrinho – Olha que o meu tio até disse à minha mãe que tu nem eras nada de deitar fora!

Eu (assim com ar cúmplice) – Ai o tio disse isso… (palerma, pensei eu) e tu sabes o que isso quer dizer?

Pedrinho (em tom muito baixinho) – Sei, acho que sei. É como quando a mãe vê o prazo do iogurte e diz para comer porque está fora de prazo mas ainda não estragou…


Pronto… é sempre bom ser comparada com um iogurte fora de prazo, mas ainda assim não deixa de ser um elogio!
Ainda bem que o Pedrinho não sabe que eu me apaixono e desapaixono em 30 minutos… ainda me comparava a uma mousse instantânea…

2009/10/16

Se Tu Me Amasses!

Ele – Ai se tu me amasses…

Ela – Então? Se eu te amasse que farias?

Ele – Contava a todos os meus amigos, mandava-te flores todos os dias...

Ela – Hum… Eu gosto tanto de receber flores.

Ele – Fazia com que, apesar de estarmos tão longe um do outro, tu me sentisses sempre a teu lado…

Ela – E passeavas comigo à chuva?

Ele – Sim, à chuva, ao sol, sempre…

Ela – E escrevias-me um daqueles poemas de amor pirosos, mas que eu iria adorar?

Ele – Sim e até o declamaria!

Ela – Então, se eu te amasse não eras tu que eras feliz… seria EU!

2009/10/14

(1)Conversas Entre Ele e Ela!

Ele – Gostas de mim?

Ela – Claro que sim…

Ele – Então dá-me um beijo.

Ela aproxima o seu rosto do dele e encosta, levemente, os lábios na sua face.

Ele – Não é um beijo desses, dá-me aqui. – Aponta, com o dedo indicador, os seus próprios lábios.

Ela sorri, levanta-se de novo, e encosta, levemente, os seus lábios aos dele.

Ele – Não, assim não! Deixa-os ficar junto aos meus mais tempo, deixa-me entreabri-los com os meus, deixa a minha língua passear por eles…

Ela (sorrindo) – Vai sonhando…

Ele – Um dia um “ele” vai fazer-te o mesmo a ti!

Ela – Não, não vai que eu não deixo!

Ele – Se te apaixonares não tens escolha.

Ela – Tenho, sabes bem que sim, tu conheces-me! Se eu me apaixonar esse “ele” não saberá!