2008/07/11

Bilbau/Bilbao/Bilbo




Esta foi uma viagem inspirada nas que fazíamos quando crianças com os meus pais, sem nada planeado, com um destino fixo mas sem planos de rotas ou horários…

Fui “convidada” para visitar o Museu Guggenheim. Convite aceite (muito eu gosto de aceitar convites, ihih) mas com uma condição (minha claro…) vamos à aventura… e fomos!

Na ida e na vinda de Bilbao fomos fazendo desvios, León (mejillas e cerveza na Plaza, fotos na Casa de Botines, obra do Gaudí), PortAventura (quase perdi os óculos na montanha russa, fartei-me de rir, eu que nem queria ir porque tinha medo), Salou (que bela praia e…), Salamanca e etc………….

Sempre com muito riso e pouco siso, sorte no alojamento, as pessoas eram super simpáticas connosco contrariamente ao que as más línguas dizem dos espanhóis (ou será que ninguém resiste à nossa simpatia??) e muitas surpresas boas…

Bilbau (Bilbao em castelhano, Bilbo em basco) é a capital da província da Biscaia, no País Basco, Espanha, conhecida como "cidade do ferro".

As línguas que se falam são o castelhano e o euskera (até houve uns simpáticos que nos ensinaram algumas palavras).

Bilbau possui vários monumentos interessantes, entre eles vários museus.

O mais emblemático é o Museu Guggenheim projectado pelo arquitecto Frank Gehry.

Para mim nem necessita de ter exposições, vale por si só como uma obra de arte permanente.

Simplesmente ADOREI, aquela espécie de escama de peixe, os recortes, a forma como a luz natural entra no museu, a “Instalación para Bilbao” – Holzer (com menções em euskera, espanhol e inglês a temas universais como a intimidade, a decepção, a morte e a perda), a “Mamá” - Louise Bourgeois (uma aranha gigante em bronze, aço e mármore, que simboliza a maternidade), o “Puppy” - Jeff Koons (um cão de mais de doze metros de altura feito em aço, coberto de cera de 40.000 plantas naturais que são mudadas duas vezes por ano), a “Matéria del Tiempo” – Richard Serra (oito esculturas que formam uma espécie de serpente) "and so on, and so on"…

Por isto e por tudo aquilo que não posso aqui escrever (ficava um texto muito longo…) aconselho a que o visitem.

"Gero arte, zorionak"(até logo, felicidades)




Este texto é o 1º de alguns que escreverei sobre as viagens que vou fazendo.
Descanço/Desisto

2008/07/09

Despojos de uma viagem!
Pronta para partir ou acabada de chegar…

2008/07/08

Vichy, França 2008
De(s)Encontro